Restauração dos monumentos do Parque Farroupilha em fase final

Pela primeira vez, autor e restaurador participam juntos do processo de intervenção. Será no dia 22 de junho, às 14h, no canteiro central na José Bonifácio junto à avenida Osvaldo Aranha

As obras de restauro da segunda etapa dos monumentos do Parque Farroupilha, em Porto Alegre, encaminham-se para a fase final. Pela primeira desde que começou a recuperação dos monumentos por meio do Projeto Construção Cultural em 2014, uma intervenção é realizada na presença do autor e restaurador da obra. Trata-se do Busto José Fainca Lubianca  que, por iniciativa do Rotary Club, foi criado em 1994 por Mario Cladera, que acompanhará a intervenção que será realizada pelo escultor Luiz Henrique Mayer .
A restauração é resultado de uma parceria firmada entre a Prefeitura Municipal de Porto Alegre , o Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS), a Associação Sul Riograndense da Construção Civil, com o apoio do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, sendo viabilizada com verba incentivada pelo Governo do Estado do RS, através do programa Pró Cultura – Lei de Incentivo à Cultura (LIC).
Conforme a Arquiteta e restauradora  Verônica Di Benedetti, coordenadora técnica do projeto,  os trabalhos ocorrem em três etapas: a limpeza dos monumentos; o resgate das placas de identificação de peças roubadas e a reprodução dos elementos artísticos. Pelo cronograma, o Gaúcho Oriental será restaurado e transferido para o Eixo Monumental do Parque junto ao Chafariz, sobre um pedestal que  resgatará a sua importância dentro do contexto artístico da cidade. A entrega oficial dos monumentos restaurados está prevista para 30 de julho.
Os monumentos que receberão intervenções são: Marco com as designações do Parque Farroupilha, Homenagem ao Esporte, Busto Luis Englert, Herma Alberto Bins, Marco contra as Armas de Brinquedo, Busto Jaime Pereira da Costa, Monumento a João Wesley, Monumento a Assis Brasil, Monumento Francisco Brochado, Imperatriz Leopoldina, Busto José Fainca Lubianca, Totem José Bonifácio, Marco Exposição Farroupilha, Busto Almirante Tamandaré, Busto Duque de Caxias, Busto Mascarenhas de Moraes, Busto Santos Dumont, Marco não catalogado, Marco não catalogado (estacionamento), e o Gaúcho Oriental.
Mario Cladera , natural de Montevideu, reside em Porto Alegre. Trabalhou junto ao escultor Vasco Prado, a gravurista Zorávia Bettiol e a ceramista argentina Martha Kearns. Autor de várias obras públicas, destaca-se na cidade de Porto Alegre o monumento do Memorial Chico Mendes no parque de mesmo nome. É membro diretor da Associação dos Escultores do RGS.
Luiz Henrique Mayer , natural de Recife PE , reside em Porto Alegre desde 1974. Trabalhou junto ao escultor Vasco Prado. No atelier livre cursou pintura com Vera Wildner, litogravura com Mirian Topolar e desde 2001, dedicou-se ao ensino de restaurações com aplicação em moldes em escultura nas instituições como MARGS, Museu Hipólito casa das artes em Bento Gonçalves.

O Projeto Construção Cultural, uma iniciativa do Sinduscon-RS, encontra-se na 3ª edição e é composto por três plataformas: Resgate do Patrimônio Histórico, Sindusom Construção Cultural que, além de promover shows gratuitos à sociedade porto-alegrense, promove  educação musical  a jovens entre 10 e 16 ano (Sindusom Júnior) e Vidas em Construção, que  envolve uma série de debates, visando aprimorar e difundir conceitos sobre viver e habitar.

Foto: Bruno Alencastro 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s